EDIÇÕES IDEAL LANÇA LIVRO DO RAGE AGAINST THE MACHINE


Depois da biografia Dave Grohl – Nada A Perder, a Edições Ideal anuncia o lançamento de mais um livro, dessa vez sobre uma das bandas políticas mais importantes de todos os tempos, o Rage Against The Machine.

Guerreiros do Palco é uma biografia de banda, um livro de história, um relato sobre o Audioslave e acima de tudo, um aprendizado. Com ele você saberá de tudo que existe por trás das cenas de uma grande banda de rock, dos governos ao redor do planeta e do sistema capitalista.

Release

Quando o Rage Against The Machine lançou seu disco de estreia em 1992, a banda não apenas mudou a cara da música da época ao misturar de forma única rock, punk e rap, mas também tornou-se uma das principais vozes do mundo contra as injustiças da sociedade e as imposições do sistema.

Ao lançar seus discos por uma grande gravadora, a banda poderia ter caído em contradição, mas ao invés disso utilizou as próprias estruturas das grandes corporações para criticá-las e alterá-las a partir de dentro, com músicas pesadas e letras de protesto poéticas que ecoaram por todo o globo através da performance única de seu frontman, Zack De La Rocha.

Guerreiros do Palco não é apenas um livro sobre uma grande banda de rock and roll, mas também uma verdadeira aula sobre os contextos históricos, as causas sociais, a brutalidade da polícia e todos os movimentos que se desenvolveram até a união de Tom Morello, um guitarrista formado em Harvard, e De La Rocha, um ativista político com raízes no hardcore.

Através dessa obra, Paul Stenning conta como a banda surgiu, lançou quatro discos de estúdio, vendeu milhões de álbuns e se separou  em 2000. Dessa separação surgiu o Audioslave, com o vocalista do Soundgarden, Chris Cornell, e vieram mais três discos de estúdio, até o retorno do Rage a todo vapor em 2007.

Que a banda foi fundamental para os anos 90 e 2000 você já sabia, mas talvez não saiba que o pai de Tom Morello foi um revolucionário Queniano, que sua mãe fundou uma organização para proteger a música contra a censura do Governo dos Estados Unidos e que em um grande festival de 1993 os membros da banda se recusaram a tocar e ficaram 15 minutos pelados em cima do palco para protestar contra o PMRC, comitê responsável pelo famoso selo “PARENTAL ADVISORY” em CDs.

No livro Guerreiros do Palco, a ser lançado pela Edições Ideal e com tradução de Tony Aiex, tudo isso e muito mais é contado através de 16 capítulos e detalhes que mostram como há muito mais do que se imagina por trás desses verdadeiros guerreiros de Los Angeles.

Sobre o Autor

Paul Stenning é um escritor Britânico que tem 15 anos de experiência e já escreveu 24 livros de bandas como Guns N’ Roses (tendo entrevistado os caras no palco), AC/DC, Metallica e Iron Maiden, com vendas de mais de 500.000 cópias dos seus títulos ao redor de todo o planeta.

    • anna
    • 31 de agosto de 2012

    Rage. . Simplismente é uma bada, q mostra os verdadeiros fatos que acontecen na socieda, “!
    RATM é foda é sempre será . .

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: