GREG HAM (MAN AT WORK) É ENCONTRADO MORTO


Greg Ham
(flauta, saxofone e teclado), integrante da banda australiana Man At Work, foi encontrado morto por um grupo de amigos nesta quinta feira, dia 19 de maio, em uma casa no subúrbio de Melbourne. Segundo o sargento da polícia australiana, Shane O’Connell, a causa da morte ainda está sendo investigada, porém há alguns aspectos inexplicáveis.

Greg Ham
 integrou a banda no ano de 1979, em substituição ao músico Greg Sneddon. O Man At Work alcançou o reconhecimento por parte da mídia mundial e do público no ano de 1981, com o single “Who Can It Be Now?”, e no ano seguinte com o álbum “Business as Usual“, que esteve no TOP das paradas musicais daquele ano na Australia, Reino Unido e Estados Unidos.

Em 2010 a banda foi condenada por plágio na clássica canção “Down Under“. De acordo com a sentença, a melodia da flauta foi copiada de uma canção infantil intitulada “Kookaburra Sits in the Old Gum Tree“, composta a mais de 70 anos pelo professor australiano Marion Sinclair. Na época Greg Ham temia ter que vender a sua casa para pagar os direitos autorais. Em entrevista concedida ao jornal inglês The Guardian, Greg havia comentado sobre o assunto: “Teremos de enfrentar custos pesados com advogados. Não veremos mais um centavo [dos direitos de “Down under”] novamente. Terei de vender a casa em que vivo para pagar tudo“.

Ainda não se sabe se o ocorrido poderia ter desencadeado algum processo que estaria ligado ao falecimento do músico. Em breve mais informações aqui no Monophono.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: